Caetano e a força estranha porteña

4 maio

 

 

Caetano, queridinho dos porteños

Imaginem 45 mil argentinos cantando “por isso uma força estranha me leva a cantar/por isso essa força estranha no ar/ Por isso é que eu canto, não posso parar/Por isso essa voz tamanha. Agora visualizem tudo isso em dos bairros mais burgueses de Buenos Aires, Palermo, em uma de suas praças mais movimentadas, Plaza Itália, em uma noite de sábado. Caetano voz e violão e mais nada, em um silêncio sepulcral a multidão acompanhava o baiano declarar seu amor pela cidade, rompendo a paz apenas para cantar junto, a pedido de Caetano, as músicas mais conhecidas.

 No dia seguinte, o show foi capa de muitos dos maiores jornais por aqui. Na semana anterior a cidade já havia recebido mais uma ilustre convidada brazuca, Bbebel Gilberto, (bueno, semi- brasileira, já que Bebel nasceu nos EUA) para o evento organizado pelo Greenpeace pelo  Dia da Terra

 Diga-se de passagem que a cantora estava visivelmente “ muy loca”, pediu whiskey, reclamou da luz, misturou inglês, espanhol e português, mexeu com a platéia todo o tempo, arrastou a cabeleira no chão, exibiu uma frente única super cavada em um frio de uns 12 graus, deu uma desafinadinha, mas arrasou mesmo assim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: