Lá vem o negão cheio de paixão!

16 maio

Em Buenos Aires já começou a circular o Expresso 222

O Brasil está, como dizem por aqui, “de moda”. Há chorinho, roda de samba, capoeira, multiplicam-se os cursos de português pela cidade e Lula só não é mais amado que Perón por que aí seria demais, mas é tão unanimidade quanto.  E também por que o peronismo aqui já virou franchising tem las madres peronistas, trabalhadores peronistas, doutores peronistas, avós peronistas, cachorros peronistas e, meu grupo predileto, los putos peronistas. Esclareço: “putos” na argentina são viados. E viados também tem plataforma política mona!

Nas tradicionais Peñas porteñas, onde os hermanitos se reúnem para tocar violão e cantar, metade se dedica a milonga, tango e outros ritmos muy gauchos, enquanto a outra metade está sussurrando João Gilberto, Caetano, Tom, num português irretocável. Há quem já tenha feito do ritmo uma profissão. Até Chalana do Almir Sater em espanhol, e em ritmo de milonga, já escutei por ai. Somos o novo “império ao norte”, a nação que irá arrastar Argentina indiretamente ao mesmo grau de “desenvolvimento”. Estamos ricos e bem assessorados, temos políticas consistentes e somos, finalmente, o país do futuro.

Isso é o que crêem os argentinos. Em dois meses aqui, conheci poucos argentinos que acreditavam que moramos no país das bananas, um enorme navio negreiro ou mesmo o lugar dos biquínis minúsculos e enormes bundas. Entre os brasileiros comentamos a mudança histórica da visão dos hermanos com relação ao nosso país. O português virou o novo Francês e pelas ruas nos pedem com um sotaque genial para “falar um poquiño de porrrtugués”. Sabemos que passam por um período de inferioridade endêmica, mas ainda sim temos que reconhecê-los pelo esforço de, além do futebol, nos lançar um olhar complacente. Coisa que, vamos combinar, não é uma estrada de mão dupla.

 Com nosso suposto “boom” econômico veio também uma admiração pela cultura brazuca que vai além dos nossos piores produtos de exportação como Xuxa e É o Tchan. Aqui porteños  vêm curtindo bossa nova, chorinho e MPB. Por isso, em dois meses, tive a oportunidade de ver gratuitamente uma série de shows que, no Brasil, só vendendo a mãe.  Por Buenos Aires já nas últimas semanas já passaram Caetano, Bebel Gilberto, Toquinho, Vitor Ramil, entre outros artistas que estão fazendo com que as casas de jazz dividam espaço com o chorinho.  Paradoxalmente, além dos óbvios exageros, são os argentinos até agora o povo com a visão mais sana do que é o Brasil que conheço até agora.  Vou parando por aqui porque vem a Copa e a cara desta humilde bloggeira pode cair no chão!

Cristina, a dona da festa

No final do mês se comemora na Argentina o “Bicentenário”, os duzentos anos da “Revolución de Mayo” que deu soberania ao País. Os festejos serão grandiosos (para desespero de taxistas que reclamam do fechamento de várias grandes avenidas semanas antes da celebração).  A presidente, Cristina Kirchner,  já deu até um dia a mais de feriado para o povo. Ela estará à frente da festividade com toda força, faltando apenas sair da janela da Casa Rosada a la Evita cantando Don’t cry for me Argentina. A celebração contará ainda com as presenças do presidente Venezuelano Hugo Chávez; do Uruguaio José Mujica; do Chile Sebastián Piñera; do Equador Rafael Correa e, sem comparecimento ainda confirmado, Lula, na festinha da esquerda mais cobiçada do ano.  

Mas, a boa notícia mesmo é que pegando carona nesta cauda de cometa estará também o nosso digníssimo Gilberto Gil que, no dia 22, fará um show gratuito no palco do bicentenário armado entre as Av. 9 de Julio e Corrientes. Espero ansiosamente ver o baiano em terras porteñas nos aquecendo um pouco porque o frio já chegou com tudo na capital. Vamos ver se supera a marca das 45 mil pessoas que reuniu Caetano e se elas sabem cantar junto como a “força estranha”  que nos proporcionou o Doce Bárbaro. Mas, pra mim, em Buenos Aires, já começou a circular o expresso 222…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: