10 Razoes para Amaaaaaaaar a Argentina: Ricardo Fort outra vez

9 jun

Fort no fundo do poço

 

Pobrezinho!é inveja Fort, inveja do seu sucesso!

Aguantaaa Fort!

 Desculpem-me caros leitores, eu deveria me dedicar a quarta razão para amar a Argentina. Falar dos encantos desse belo país, outro personagem onírico (como a Suzana Gimenez, virá!!!), algum novo programa de TV que me faz rir até quase cair do segundo andar do loft, de alguma mania argentina de tirar do sério ou da última do Maradona. Mas, Dieguito não bateu em nenhum jornalista em Pretória ainda, não apareceu cheirado ainda, não foi mordido por outro Sharpei  e enfaixado  por Fidel, e eu não consigo parar de acompanhar as ultimas do Fort. Estou viciada em Fort!

Eu não sou culpada! Sou fruto da mala programação da TV argentina que de cada três canais dois exibem algo sobre El Fenômeno Fort! Fui manipulada pela indústria cultural de massa e agora só com “rehab” para me livrar do péssimo habito adquirido de ficar pendurada nesse chiclete para os olhos que é a “tele basura” argentina. Eu sei que sou uma moça culta, lida e viajada, com nível de mestrado, mas confesso que troquei meu Ricardo Piglia por outro Ricardo!

Nao basta ser rico, tem que ter berço

Para quem não acompanhava este blog (shame on you!) eu explico: Ricardo Fort é o herdeiro da fábrica de guloseimas Feltfort. Riquíssimo, jura que é hetero que nem Ricky Martin jurava, parece o cruzamento de Bob, o namorado da Barbie , Clóvis Bornay ( Gala Gay) e Johnny Bravo resultando na mutação genética mais estranha desde daquele filme de sessão da Tarde, A Mosca.

Bota o dedo aqui quem pre-ci-sa saber onde compra esse rimel!

Vive nos realities shows de bafóm em bafóm, proclamando seu grande amor pela literatura (e por literatura entende-se o Segredo I, II e III), e ainda por cima é juiz do pior programa de “Dança de Famosos” daqui, um misto de Broadway encontra Gaiola das Loucas na Cracolandia, com a decadência de showzinho de boate de puta em Copacabana e o figurino do Mad Max, pero em colores!

 

Na Argentina, mais na moda que o Brasil, o jogador Messi,  a camisa flanelada, o Bicentenário, os restaurantes peruanos na capital e o filme o Segredo de seus olhos, está achincalhar Fort.

 Nas últimas semanas, sua astróloga foi a televisão xingá-lo,  a atriz principal de seu musical na Corrientes rechaçou suas investidas amorosas em frente das câmaras, seu produtor foi achado morto ( e a televisão argentina culpa Fort pela depressão que atravessava o

Macho que é macho beija homem de lingua!

 defunto), seu advogado de iami foi a telinha dizer que Fort lhe devia milhões, fotos dele beijando outros chicos inundaram a internet e,na mala tele, um dos concorrentes do show no qual é jurado fez um tour nos canais acabando com a figura do herdeiro.  

E ontem teve Fort sua proposta de casamento a ex namorada, Virginia Gallardo, recusada em rede nacional. Nas semanas anteriores ele já havia sido rechaçado por Violeta Lo Re ( que aparece indignada nos bastidores do show no vídeo abaixo), Silvina Escudero y Jésica Cirio. Uma das explicações de Virginia para a negativa é exatamente a tentativa de união com outras mulheres na semana anterior.

Casal modelo, literalemente!

A explicação de Fort é contundente, nem vale à pena traduzir para não perdermos nada na retórica. ““Violeta es pasado. Lo que pasó la semana pasada pasó la semana pasada. Llega un momento en la vida en la que uno se da cuenta lo que hizo mal. Ese punto llegó y no quiero seguir haciendo mal las cosas”. Afinal, uma semana é muito tempo, não é mesmo?

Assista um pedacinho aqui:

Traduçao: Fort pede Virginia em casamento, apresentador sai chocado, Fort contesta a versão da moça que diz estar surpresa com a proposta, Fort sai chorando para fumar um cigarro, aparecem uns negoes sul africanos ninguém entende bem porque, Fort explica sua indignação.  

No fim a moça chora, o galã volta e tudo termina em abraço e semi valsinha ao som de um R&B romântico. Eu adoro o amor na era do Big Brother. Assim ó tão fácil, tão rápido…

Nenhum golpe de publicidade, tudo é tão sincero.

Esse é curtinho ( curtam a suspirada final do moço)

8 Respostas to “10 Razoes para Amaaaaaaaar a Argentina: Ricardo Fort outra vez”

  1. Nezza 10 de junho de 2010 às 8:07 PM #

    Amiga!!!! Espetacular essa vibe a lá “Caras” (ou seria Contigo?!) portenha…
    que texto ótimo… !!!!
    bj

  2. jadequatro 17 de junho de 2010 às 3:27 PM #

    Ah neeeeeem…
    A)Igual a lenda dos pigmeus dourados do noroeste das montanhas do Nepal que plantam ervas “que aliviam e acalmam”( lembra daquele, amiga?), é perturbador, mas faz a gente rir…
    B)SOBRAS DE CIRURGIA do Clóvis Bornay (pós-ressurreição e/ ou exumação); pode ser impossível, mas explica muita coisa.
    C)Protótipo de sex-doll em fase de teste para ser comercializado como brinde de revista pornô-gay-bizarre; daí o porquê da história de ser herdeiro e talz, pra agregar valor ao produto e ainda explica também as imagens (estrategicamente veiculadas) de bjos gays…e rejeição em escala de outras sex-dolls…
    D)Quem dá mais opções…?
    Esse cara não existeeee!!!!!!
    Saudades pá cara-LEO
    bjos vários, minha flor

  3. conexaobuenosaires 19 de junho de 2010 às 12:33 AM #

    As sobras do Clóvis Bornay, foi deeeeeeemais!
    te amo, saudadeeees.

  4. Jackson 24 de junho de 2010 às 9:57 PM #

    Faltou dizer que vc adora um Maroc! hehe. Ri demais. Muito bom.

  5. conexaobuenosaires 24 de junho de 2010 às 11:31 PM #

    Mas o Marroc por si só é um post, heheh, nao é nego?

    Sou a melhor clientes de Marrocs do Kiosko de Jorge.

    beijos e saudades

  6. Angélica 12 de julho de 2010 às 5:54 PM #

    Adorei seu blog! Sou uma brasileira adicta a Buenos Aires e sempre que posso estou aí. Sempre me choca a tele basura e a exposição de questões pessoais. A imprensa marrom daqui é “fichinha”.
    Sobre Fort, sem comentários… nunca vi ninguém gostar tanto de mídia(com razão pode ser chamado de Paris Hilton de Sudamérica). Chega a ser hilário

    • conexaobuenosaires 21 de julho de 2010 às 1:48 AM #

      Obrigado Angélica, desculpe a demora em comentar. A tele basura aqui é metade chocante e matade divertimento. E o Fort, bem sem comentários. É a personalidade mais estranha que já vi!
      Um grande Abraço,
      Gabi

  7. Daniel Paiva 22 de julho de 2010 às 4:55 AM #

    Realmente, a maior parte dos canais na tv argentina é um lixo mesmo.. passam o dia todo falando da vida uns dos outros e fazendo fofocas. Sempre tem uns 50 querendo hacer el rating mediatico.
    Ricardo Fort, depois de fazer um concurso para conseguir uma “namorada”, passa as noites brigando com todos no bailando… jejeje
    É bizarro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: