De amor e de Sombras

3 ago

Toda vez que vem uma “ola de frio polar” esperamos que seja  a última. Está muito frio em Buenos Aires e a cidade está  como nós  coberta de todos os tons cinzentos do inverno. As árvores, salvo algumas raras e resistentes exceções,  já desfolharam. É preciso tomar cuidado para não desfolhar-se com elas. O frio nos deixa mais caseiros, mais melancólicos.  O frio nos dá saudades. Mas, como quase todo hemisfério no mundo tem sua bipolaridade de luz e de sombras, Buenos Aires também vem ganhando as cores amareladas do resquício de luz. Venho me pegando com a cabeça arqueada em direção ao céu eternamente observando os galhos secos contra o céu pálido e invernal que nos protege.

Uma pintura de Pollock...

É como uma dessas dramáticas pinturas de Pollock, feitas de sazonalidade e acaso. A cidade segue linda ainda que cuidadosamente recolhida. Ficam aqui minhas fotos amadoras ( de uma amante e uma câmera que faz o possível por amor) e a sugestão de olhar para o céu de Buenos Aires emoldurado por galhos retorcidos que se acotovelam sobre o céu como uma pintura. Buenos Aires continua uma paixão!

Luz pálida, mas linda

Olha pro céu meu amor!

Buenos Aires continua uma paixao!

De amor e de sombras!

2 Respostas to “De amor e de Sombras”

  1. Gisele Teixeira 3 de agosto de 2010 às 6:30 PM #

    Belas fotos, gabi maria!

  2. Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams 6 de agosto de 2010 às 12:14 PM #

    Lindas fotos!!! A minha favorita foi aquela com a legenda “luz pálida, mas linda”. Bar Dorrego, San Telmo, mais ou menos 10 da manhã? hehehe! Abraço!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: