Morre Néstor Kirchner: País em choque

27 out

O clima é de incredulidade, mas um dia que já não era ordinário ficou ainda mais extra-ordinário. Neste momento, mais de 40 milhões de Argentinos estão em suas casas com nenhuma opção senão digerir a súbita morte do ex-presidente Néstor Kirchner, presidente do bloco Unasur, e marido da atual presidente Cristina Kirchner, esta manhã em Calafate.  Com a contagem do Censo argentino, que acontece uma vez a cada dez anos, o comércio fechado por decreto e o apelo do governo para os argentinos permaneçam em casa até a chegada dos “censoristas”, estão todos em casa com uma espécie  de prelúdio de luto nacional. O estado de exceção é tanto que muitos de meus amigos receberam a notícia da morte do ex-presidente pelos próprios funcionários do censo.  Kirchner já vivia há anos com sérios problemas de saúde, sendo sua última internação no passado 11 de setembro, sendo submetido a seguidas angioplastias. Dizem os canais de notícia que o ex- presidente faleceu de um ataque do coração as 9h30 da manhã de hoje. A comoção da imprensa, como era de se esperar,  é grande.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: