Archive | agosto, 2011

Na cama com um genocida

31 ago

“ Ate agora o tribunal de Haia nao me chamou.”

“Se você vai para a cama com um genocida, isso não quer dizer que você sai com 30 mil desaparecidos”.

               (Graciela Alfano)

De bafao em Bafao assim caminha a Argentina. Pode ser que os escandalos sejam universais, mas na Argentina eles ganham ares oniricos. A televisao Argentina eh a televisao Argentina. Perguntam-me alguns leitores sobre os outros países. As pessoas me falam que eh absurda a TV brasileira. E minha resposta eh sempre: nao estou comparando. E sinceramente, bato meu pe: A televisao argentina eh a televisao argentina. Eu sei que temos Panico, Mulher Melancia, Gugu e tantos outros programas intelectualmente prejudicados, tanto quanto qualquer outro pais.

Mas, imagino que nenhum outro lugar do mundo tenha a predilecao ao melodrama como este país. Nao eh so o melodrama. Eu sei que existem novelas mexicanas, tragedias Gregas, melancolia russa, histeria Israelense, supremacia norte americana. Mas ninguem protesta, se queixa, esnoba e chora como um argentino. Nenhuma TV do mundo traz tantas maes chorando, detalhes sordidos, crimes passionais e declaroes candidas como a programacao hermana. E se traz, nao faz com tanto afinco.

Meu querido ditador...

E como nao podemos passar uma so semaninha sem que o mundo esteja em Armagedon perpetuo com marchas funebres e maes chorando nos noticiarios sob jingles musicais morbidos, agora precisamos exumar diariamente o cadaver da ditadura em episodios tragi-comicos cuja natureza insolita transcende a razao. Mas, nao eh a toa. Na Argentina se diz o que quer e se escuta o que nao quer. E foi assim que a Suzana Vieira da Argentina, Graciela Alfano, dancou.

Dormir com um genocida nao quer dizer que esteja dormindo com as 30 mil pessoas assassinada pela ditadura da qual ele fez parte.

Dinossauro da televisao argentina, Graciela Alfano, celebridade estilo ex-vedete, ex- miss, apresentadora, atriz e todos os cliches, hoje eh mais uma jurada num dos programas mais calientes da televisao daqui. Bailando por un Sueño trancende todas as barreiras do bom gosto, destituindo-as uma a uma em programa polemico recheado de bundas, brigas e controversia transformando-o em um dos shows com maior audiencia da tv. O time de “estrelas” de jurados dos numeros de danca estao mais para filme de horror que programa de variedades: mulheres semi travestidas, mumias de 180 anos pagando de gatinhas e bichinhas extragavantes compoem o exercito do mal gosto.

No ano passado: a familia Adams de Bailando por un Sueño.

Nesta familia Adams da televisao Argentina esta Graciela Alfano. Nas ultimas semanas, ela se conveteu no epicentro de um escandalo que trouxe a tona alguns dos cadaveres emocionais da sangrenta ditadura argentina. No ano passado, se deu a conhecer o romance da personalidade televisiva com um dos maiores genocidas da ditadura, Eduardo Massera gracas a um relatorio da policia secreta chilena. Um dos piores escroques da historia argentina, Massera foi responsavel por centenas de execucoes, desaparecimentos, torturas e humilhacoes sendo um dos autores “intelectuais” do sistema que perseguiu sem dó nem piedade todos opositores a “sociedade crista ocidental” durante a ditadura argentina.

Alfano: Massera seu genocida no cavalo branco.

Massera morreu recentemente demente e condenado a prisao perpetua por suas atrocidades, mas disfrutou bastante sua vida de escroque militar rebecendo incluso um induto do seu colega de profissao de vilao, Carlos Menem. Enquanto Massera arde no fogo do inferno, na terra seu ex-affair continua gerando polemica.

Alfano, uma flor de pessoa.

Ha algumas semanas em video em que Graciela aparece languidamente segurando uma vibora albina e destilando ela mesma o veneno em uma entrevista sacudiu a Argentina. Eu sei que uma imagem fala mais que mil palavras, mas para o os “non hispano hablantes” deixo aqui algumas frases. Entre os melhores momentos da entrevista Graciela, quando perguntada sobre sua suposta relacao com o genocida, responde:

– “Se voce vai para a cama com um genocida, isso nao quer dizer que voce sai com 30 mil desaparecidos”. Diz que eh mulher desde os 21 e que ninguem tem a ver com sua vida sexual. Vira os olhinhos para dizer que, até agora, nao foi intimada pelo tribunal de Haia.  Pule para 1:30 para escutar Graciela e sua diarreia verbal:

 

Nao bastasse o estrago que Alfano fez sozinha com suas declaracoes, nas semanas seguintes, com os esqueletos da ditadura comecando a ser desenterrados, emergiram tambem alegacoes de que a ex vedete havia recebido bens de desaparecidos, como jurou ser verdade a filha do seguranca de Massera.

“Voce acha que eh a unica?”

Para jogar mais merd”#$%&/()= no ventilador de Alfano, a estoria contada pela mulher de um desaparecido complicou ainda mais a situacao da ex vedete que, a esta altura ja estava negando seu petit affair com Massera.

Esta digna senhora narra o insolito encontro que teve com a atriz quando foi reclamar com General Massera o desaparecimento de seu marido. Diz ter encontrado a vedete ai, de sainha, derretida no sofa do ditador. Conta que foi a propria atriz que a dispensou dizendo que o militar estava muito ocupado. “ Mas, senhora se trata do desaparecimento do meu marido”, a senhora replicou. “ Voce acha que eh a unica?”, teria respondido Graciela Alfano.

“O que voce estava fazendo durante a cruel ditatura militar?”, parece ser a pergunta no ar nos ultimos tempos. Contra, a favor ou indiferente, com o transcorrer do tempo, todos sao revolucionarios de esquerda. Mas, a verdade eh que Argentina continua exumando emocionalmente sua ditadura e muitas autopsias prometem deixar futuros mortos.

Aqui um pouquinho das trinta mil pessoas para os quais Graciela Alfano nao deu:

Doogle Borges

24 ago

Uma rapidinha: hoje, se estivesse vivo, Borges faria 112 anos! Em homenagem a esse ilustre escritor Argentino o google resolveu fazer um “doogle”, isso, um doogle, essa ilustracao cabecalho tao peculiar ao google. Borges observando seu mundo narrativo com todas suas metaforas, espelhos, bibliotecas e labirintos! Eh fofo, tudo que tenho para dizer. Registro aqui!

 

O doogle do Borges que ficou bacana!

Argentina no es México, o surrealismo criollo de Marcos López

24 ago

La humedad lo gris de Santa Fe. El resentimiento que provocan los amores no correspondidos. Además valga la aclaración: Argentina no es México. La Argentina son unos pastizales al sur con el guachaje en pedo riéndose de chistes que nunca entendi…(Marcos López)

Em um dos bares mais cool para extrangeiros na capital uma senhor chines nos olha de cima com uma faca enfiada no peito. Um certo ar de desdém e uma cara de mafia chinesa te encara por cima de garrafas de vodka dessas da melhor qualidade. Abrigado por um impressionante casarao em estilo academicista frances, o bar Million ( Parana 1048) eh realmente uma joia para languidas noites na Capital. Um lugar para desfilar entre endinheirados locais e estrangeiros, tomar drinks caros e fingir ser de outra era.

Um senhor chines nos olha por entre garrafas de Vodka.

Os donos restauraram o casarao de 1913 localizado perto da zona de Tribunales com carinho e fizeram dele lar de moveis impressionantes e de uma de uma das minhas fotografias prefereidas do fotografo argentino Marcos López. O senhor chines que te desdenha com uma faca engravada no peito eh uma boa metafora para o lugar que eh inegavelmente pretencioso. Ha quem ja se cansou do “surrealismo criollo” de Marcos López. Eu, pessoalmente, sou fan.

A Santa Ceia Argentina, Marcos López style.

Argentina nao eh mexico, nem almodovariana, mas eh surrealista gaucho style e unica. Mas, Marcos López eh pop latino.

Argentina no es Mexico...

 “Me gusta hablar de lo de acá. Universalizar la textura emocional de los recuerdos, las escenas de infancia, mezclarlos con lo que técnicamente se llama ‘color local’ y sentir, creerme, que estoy haciendo una crónica sociopolítica de la época, aunque esté pensando en el olor de la maestra de primer grado”, diz Marcos López que eh tao fan de Glauber Rocha que chegou a por o Nome Tierra en Transe em uma de suas mostras.

Marcos López, icones obvios, chame-o de cliche...o melhor deles. Argentinidade pura e concentrada.

Marcos chegou a Buenos Aires na década de oitenta vindo de um povoado da provincia de Santa Fé carregando melancolicas fotos em preto e branco permeadas da infancia no bucolico povoado de Gálvez ( que ate hoje nao supera os 20 mil habitantes) para transformar-se numa especie de Andy Warhol argentino, desculpem a pobre analogia.

Marcos López e sua Argentina pop.

Lo que se llamó El pop latino de Marcos López es un país de vendedores de terrenos virtuales, máscaras de brillantina, parques de diversiones de cartón, súper combos con fritas, campañas políticas berretas y afiches atados con alambre que prometen lo imposible. No hay personas sino personajes, bidimensionales, estereotipos a la enésima potencia”, diz o jornal Pagina 12.

A Argentina de eh uma festa pop, kitch e exagerada, com cores pouco vistas em uma pouco tropical Argentina, mas com toda a exageracao que lhe eh peculiar. López nao eh Cartier Bresson, nao eh Sebastiao Salgado, nao se compromete com os pobres ( tambem nao se descompromete), mas transforma o cinza Argentino no melhor humor sudaca. Um pop Argentino absurdo, quase Drag. Goste ou desgoste. Eu acho genial. Pop eh isso, nao Britney Spears. Isso vem do mesmo país que Maradona.

López traz algo de sua infancia em Santa fe.

Cristina no País das Maravilhas

16 ago
 

Cristina Kirchner provando a temperatura do Rio de Prata ontem em Puerto Madero.

Faltou cantar La Cumparsita em ritmo de cumbia. A esmagadora vitoria de Cristina Kirchner ontem no sistema de primarias, realizadas pela primeira vez no pais, deixou o governo rindo a toa no pais, fez com que a imprensa, ate a inimiga, reconhecesse a punjanca da atual presidenta e que Nestor Kirchner aplaudisse do alem. Esta dada a largada para eleicoes presidenciais em Outubro que nao promete muitas sorpresas. Despois de mais de 50 % dos votos para Crisssss, a senhoura so perde ser for pega violando o cadaver de Peron ou na cama com Menem.

CFK (Madame Cristina baby) esta rindo a toa a caminho de mais quatro aninhos de Casa Rosada. Com ela vai meu personal crush, Amado Boudou, pelo qual nao tenho uma queda, tenho um abismo. Ares de gatao de meia idade, paixao por motocicletas, rock n roll e casado com uma jornalista da minha idade ( nao perco as experancas), Amado Boudou eh presenca constante nos comicios de Cris. Rei de Puerto Madero, onde pode ser visto pelo point porteño Happening e total sindrome de Peter Pan, Bubu ( como eu gosto de chama-lo) rocks my world apesar da barriguinha prominente recem adquirida nos coffee breaks do Ministerio de Economia da mais que um caldo, eh da um Puchero….cozidao daqui.

Boubou a namorada jornalista, tomara que va cobrir Iraque minha filha!

Foi uma experiencia unica encarar o plantao de domingo na redacao e acompanhar de um jornal argentino uma eleicao aqui (trabalho para o Grupo Ambito Financiero). Palavras dos meus patrocinadores http://www.ambito.com.ar e http://www.buenosairesherald.com

Os resultado de ontem foram um enorme “voces vao ter que me engolir” de Cristina que, como Lula, vivia tomando porrada da imprensa, principalmente do Grupo Clarín. Esta mesma imprensa nao teve opcao se nao se curvar ao enorme apelo popular de Cristina que, bem verdade, banca a viuvinha missionaria. Mas, gostando ou nao de Cristina, as opcoes ja nao eram alentadoras. Competindo com ela vem Duhalde e Alfosin. Pesquisem! O interessante eh que um clima de ja ganhou invadiu o pais desde de ontem, cheio de especialistas que nem precisavam ser tao especiais para prever uma vitoria falando e promessa de CFK esta mais eterna que Evita nessa Buenos Aires!

Cristina, mais eterna que Evita!

PS: Uma das meeeelhores imagens do dia de ontem foi a de Menem indo votar. O fiscal de mesa teve que tocar seu “ bigurlim” para defender-se da ma sorte que traz o presidente Carlos Menem. Eh um gesto comum contra a ma sorte, mas o flagrante eh im-pa-ga-vel! E a materia explicando a atitude do mesario que saiu quentinha aqui da redacao ficou otima tambem! LEIAM AQUI!

Festinha no QG Kichnerista!