Argentina no es México, o surrealismo criollo de Marcos López

24 ago

La humedad lo gris de Santa Fe. El resentimiento que provocan los amores no correspondidos. Además valga la aclaración: Argentina no es México. La Argentina son unos pastizales al sur con el guachaje en pedo riéndose de chistes que nunca entendi…(Marcos López)

Em um dos bares mais cool para extrangeiros na capital uma senhor chines nos olha de cima com uma faca enfiada no peito. Um certo ar de desdém e uma cara de mafia chinesa te encara por cima de garrafas de vodka dessas da melhor qualidade. Abrigado por um impressionante casarao em estilo academicista frances, o bar Million ( Parana 1048) eh realmente uma joia para languidas noites na Capital. Um lugar para desfilar entre endinheirados locais e estrangeiros, tomar drinks caros e fingir ser de outra era.

Um senhor chines nos olha por entre garrafas de Vodka.

Os donos restauraram o casarao de 1913 localizado perto da zona de Tribunales com carinho e fizeram dele lar de moveis impressionantes e de uma de uma das minhas fotografias prefereidas do fotografo argentino Marcos López. O senhor chines que te desdenha com uma faca engravada no peito eh uma boa metafora para o lugar que eh inegavelmente pretencioso. Ha quem ja se cansou do “surrealismo criollo” de Marcos López. Eu, pessoalmente, sou fan.

A Santa Ceia Argentina, Marcos López style.

Argentina nao eh mexico, nem almodovariana, mas eh surrealista gaucho style e unica. Mas, Marcos López eh pop latino.

Argentina no es Mexico...

 “Me gusta hablar de lo de acá. Universalizar la textura emocional de los recuerdos, las escenas de infancia, mezclarlos con lo que técnicamente se llama ‘color local’ y sentir, creerme, que estoy haciendo una crónica sociopolítica de la época, aunque esté pensando en el olor de la maestra de primer grado”, diz Marcos López que eh tao fan de Glauber Rocha que chegou a por o Nome Tierra en Transe em uma de suas mostras.

Marcos López, icones obvios, chame-o de cliche...o melhor deles. Argentinidade pura e concentrada.

Marcos chegou a Buenos Aires na década de oitenta vindo de um povoado da provincia de Santa Fé carregando melancolicas fotos em preto e branco permeadas da infancia no bucolico povoado de Gálvez ( que ate hoje nao supera os 20 mil habitantes) para transformar-se numa especie de Andy Warhol argentino, desculpem a pobre analogia.

Marcos López e sua Argentina pop.

Lo que se llamó El pop latino de Marcos López es un país de vendedores de terrenos virtuales, máscaras de brillantina, parques de diversiones de cartón, súper combos con fritas, campañas políticas berretas y afiches atados con alambre que prometen lo imposible. No hay personas sino personajes, bidimensionales, estereotipos a la enésima potencia”, diz o jornal Pagina 12.

A Argentina de eh uma festa pop, kitch e exagerada, com cores pouco vistas em uma pouco tropical Argentina, mas com toda a exageracao que lhe eh peculiar. López nao eh Cartier Bresson, nao eh Sebastiao Salgado, nao se compromete com os pobres ( tambem nao se descompromete), mas transforma o cinza Argentino no melhor humor sudaca. Um pop Argentino absurdo, quase Drag. Goste ou desgoste. Eu acho genial. Pop eh isso, nao Britney Spears. Isso vem do mesmo país que Maradona.

López traz algo de sua infancia em Santa fe.

2 Respostas to “Argentina no es México, o surrealismo criollo de Marcos López”

  1. Jana 23 de novembro de 2011 às 3:11 PM #

    Oi, legal seu post, mas só um detalhe. Esse cara da primeira foto não é chinês. Se vc observar bem, não tem nada de chinês. Ele é do norte argentino (ascendência indígena, portanto) e serve empanadas num lugar que ostenta sua foto. Isso é bem mais bizarro que vê-lo na parede do Million.

  2. lucila maia 25 de janeiro de 2012 às 10:30 PM #

    Adorei seu trabalho, sou surrealista.. Parabénss, Lucila Maia ,,, Co m sua permissão levo a faca empestada… Para criar e necessito colocar meu coração adiante… Gracias…
    ;

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: